Leitão à Bairrada (1941)

Atualizado: 5 de ago. de 2020

Da série: Curiosidades da Gastronomia Portuguesa

 

Documentos antigos do Mosteiro da Vacariça e de Lorvão, região perto de Coimbra, já mostravam uma receita conventual de leitão no ano de 1743, que mais tarde foi compilada num “caderno de refeitório”, em 1900.



A sua comercialização teria começado numa aldeia de Covões-Cantanhede, região da Bairrada, quando a Sociedade das Águas do Luso encomendou esta iguaria, mundialmente conhecida, considerada uma das 7 maravilhas da culinária de Portugal.


Em seguida foi um comerciante chamado Alvaro Pedro de Anadia, que começou vendendo este prato na sua loja de “comes e bebes” em 1941.


Hoje, todos os concelhos da região da Bairrada reivindicam a origem da venda e o grande segredo para o seu sucesso está na raça do animal, bísaro ou malhado de alcobaça, e no peso entre 6 a 8 kg, assado no forno e com os condimentos especiais de alho, pimenta do reino moída, vinho branco e banha, para ficar crocante e suculento.


Como um bom acompanhamento, é de costume um espumante bruto ou frisante, bebidas típicas produzidas na região da Bairrada.


#curiosidadesdagastronomiaportuguesa #leitaoabairrada #pratosboteco #botecoportugues #comidaportuguesa #leitaoabairrada

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo